Sports

Quem quiser continuar sonhando com títulos, aí está ele

ESomente faça suas contas antes de iniciar o jogo. Nas últimas duas semanas reduziram as diferenças com Real Madrid e Girona e conseguiram distanciar-se do Atlético de Madrid. O golo de Lamine Yamal aos 15 minutos corroborou o optimismo de Cul. Lewandowski conseguiu sentenciar com chances muito claras, mas a partir daí, o desastre. Sem que ninguém conseguisse entender muito bem o porquê, o Bara quebrou.

Quebrou nas costas, como sempre. Os erros defensivos seguiram-se um após o outro. A fraqueza do Barcelona na defesa merece estudo e nem mesmo o regresso de Ter Stegen poderia evitá-lo. Foi mais do mesmo, o time do Barça voltou ao passado, para ser o mesmo de antes do anúncio de Xavi de deixar o time no dia 30 de junho. Está confirmado que a Liga é uma utopia, nada de novo, e quem quiser se enganar e sonhar com a Liga dos Campeões, lá vai. Não tem nenhum argumento a favor. Bará faz duas boas partidas (Ossuna e Alavs) e cai na seguinte. E como não há mais margem para erro, bom, adeus.

O de Lamine Yamal Não tem nome. Atualmente, esse garoto de 16 anos carrega todo o peso ofensivo do time. Por causa dos gols, do desequilíbrio, das assistências… Ele está de saída e se não fosse ele o time do Barça já estaria há muito tempo sem esperança na Liga. Mas ele sozinho não pode fazer tudo. Aliás, MVP do jogo.

Havia muita expectativa para o retorno de Ter Stegen para o goleiro do Barcelona. O alemão voltou ao time para tentar resolver o número de gols sofridos desde que saiu. O que surpreendeu é como ele entrou no jogo. Ele teve várias derrotas perigosas no lançamento da bola que quase custaram um gol ao seu time. E para piorar a situação, foi marcado um gol contra.

Os apitos voltaram para Montjuc. O público ficou irritado Após o primeiro tempo do time e quando os jogadores se retiraram para o vestiário, ouviram-se apitos. Não é a primeira vez que isso acontece nesta temporada, mas é a primeira desde que Xavi anunciou que deixará o time no dia 30 de junho. No final, mais assobios e o hino a todo volume para tentar encobri-los.

Xavi Ele ficou muito irritado com o gol do Granada pouco antes do intervalo. Tanto Gndogan quanto Frenkie de Jong esqueceram de seguir Ricard, que entrou sozinho na área para acertar um chute forte e sem oposição que foi para a rede. O treinador ficou bravo e bateu com o punho no banco. E ele também não gostava de arbitragem. Ele viu um novo cartão.



Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button