Entertainment

Mike O’Malley fala sobre carreira eclética e criação de uma grande família na NBC

A jornada de Mike O’Malley pela indústria do entretenimento é tão diversa quanto bem-sucedida. Ator, escritor, produtor executivo e showrunner célebre, O’Malley deixou uma marca significativa na televisão, navegando pelos gêneros com uma mistura única de autenticidade e criatividade.

Em uma entrevista recente ao TV Fanatic, O’Malley ofereceu insights sobre sua carreira eclética, suas inspirações e a gênese de seu último projeto, Extended Family da NBC.

A paixão de O’Malley por contar histórias brilha em seu trabalho, especialmente em projetos como Heels on Starz, onde atuou como showrunner e ator e que ele espera ver novamente em breve.

Sua dedicação ao seu ofício fica evidente quando ele reflete sobre seus projetos favoritos, ressaltando uma conexão pessoal com as histórias que ajuda a dar vida.

Sua jornada no mundo da atuação e da produção foi um tanto pouco convencional, desencadeada por uma ambição juvenil no esporte que o levou aos palcos e às telas.

Mike O'Malley na estreia de Sully NY

“Fui cortado do time de beisebol”, ri O’Malley. Embora ele já tenha vivido, respirado e praticado esportes ao máximo, isso finalmente aconteceu por volta dos 16 ou 17 anos. “Esse sonho claramente não iria acontecer.”

Sua mudança de aspirante a atleta a ator após ser cortado do time de beisebol é uma prova da adaptabilidade e determinação de O’Malley, mais do que a tendência de sua família para consumir entretenimento.

Eles não eram grandes telespectadores, disse O’Malley, e como tal, ele nunca considerou o entretenimento uma prioridade. As meninas, porém, eram. “Eu não gostava de atuar, mas fiz algumas peças porque quando você está em uma plataforma elevada, você percebe que as meninas vão ter que prestar atenção em você por duas horas.”

Quando se mudou para Nova York, percebeu que queria ser performer e criar seus próprios projetos. Seu gosto eclético pela televisão, desde clássicos como The Sopranos e Mad Men até seus próprios empreendimentos como Shameless e Glee, mostra os amplos interesses e influências de O’Malley.

Seu processo de pensamento passou de “[I’m] um ator. Isso parece interessante? Isso parece ótimo. [I] quero trabalhar com ótimas pessoas” para uma descoberta mais apurada de seus desejos e talentos.

Mike O'Malley em 2017

Ele sabia que queria escrever para Shameless e que queria aprender com John Wells como ser um showrunner. Ryan Murphy, Ian Brennan e Brad Falchuck escreveram para ele um excelente papel em Burt Hummel, de Glee. “Eles me escreveriam um ótimo material e eu adorei.”

Trabalhar em estreita colaboração com Wells e Murphy permitiu a O’Malley crescer e aprender em uma profissão que nem sempre é tão acolhedora.

“Sei que isso é algo que acontece muito cedo na sua busca por essa carreira, que mesmo aquilo que você mais gosta pode não dar certo e que a fórmula para o que acaba dando certo é muito difícil.”

Essas experiências, combinadas com seu trabalho em Welcome to the Family, Survivor’s Remorse e Snowpiercer, ilustram sua versatilidade e vontade de explorar diferentes facetas de sua carreira e da própria experiência humana através da comédia e do drama.

O mais recente empreendimento de O’Malley, Extended Family, reflete sua compreensão das complexidades da dinâmica familiar.

Mike O'Mally no SCAD Fest 2024

Inspirado no acordo da vida real entre três pessoas reais – George Gere, Emilia Fazzalari e Wyc Grousbeck, proprietário do Boston Celtics – Extended Family explora as nuances de uma família moderna navegando após o divórcio enquanto mantém a estabilidade para as crianças envolvidas. .

Este conceito ressoa com as observações de O’Malley sobre o impacto do divórcio nas crianças e a importância de ambos os pais nas suas vidas, independentemente do estado civil.

O formato semanal mantém O’Malley alerta, desafiando-o a descobrir oportunidades que unem cinco pessoas, três adultos e dois adolescentes, em diversas circunstâncias.

“Uma das coisas que descobrimos é que quando você está deixando as crianças, ou pegando as crianças, ou você está começando sua semana, ou você está terminando sua semana, há alguma interação aí.”

“Agora, tenho certeza que você sabe, e sei que há pessoas em famílias divorciadas que só conseguem se comunicar por e-mail ou alguma arbitragem”, ele ri. “[Extend Family] reconhece que essas coisas acontecem, mas esses adultos estão tentando aceitar isso e seguir em frente.”

As consequências do status

“Eles não querem ser esses personagens arquetípicos, o ex malvado, o ex terrível com quem não se dão bem. E é preciso um grande coração e uma quantidade incrível de trabalho emocional para ser essas pessoas. “

É assim que ele imagina o ambiente da Família Ampla.

Há ressentimento entre o casal ex-casado, e eles realmente querem se afastar um do outro, mas os filhos que compartilham os mantêm ligados um ao outro, mesmo quando seus lindos rostos podem ser uma lembrança constante de um casamento que não deu certo. .

“O que foi interessante para mim neste programa foi reconhecer que cada vez mais pessoas estão nessas circunstâncias em que o divórcio agora é aceitável para todos”.

Elenco e criador de família estendida

“Todo mundo entende que é melhor não estar em um relacionamento que causa frustração e discórdia constantes. Mas isso não significa que as crianças ainda não sejam afetadas por isso.”

Até certo ponto, O’Malley espera que a Família Alargada ajude os pais divorciados a reconhecer como a sua profunda influência molda a vida dos seus filhos.

Pelo que vimos até agora, o humorístico trio principal de Extended Family abraça tanto a empatia quanto a animosidade entre si. Suas decisões nem sempre são ideais, mas eles as tomam com coração e humildade.

A carreira de O’Malley foi pontuada pelo trabalho com algumas das figuras mais respeitadas da indústria, aprendendo e crescendo a cada colaboração, aprimorando suas habilidades como showrunner e reforçando seu amor pela indústria.

Mike O'Malley na estreia de Heels

O desafio de atrair atenção para novos projetos no atual cenário saturado de mídia é um desafio que O’Malley abraça com gratidão, reconhecendo o valor de conversas como a que ele compartilhou conosco e destacando a essência de seu trabalho.

A carreira de O’Malley é uma celebração da narrativa, com cada projeto adicionando uma nova camada à sua impressionante paisagem. Ao olhar para o futuro, fica claro que suas contribuições continuarão a repercutir no público, misturando humor, drama e uma profunda compreensão da condição humana.

Família Estendida é estrelado por Jon Cryer, Donald Faison e Abigail Spencer. Você pode assistir às terças à noite na NBC às 8h30/7h30.

Carissa Pavlica é editor-chefe, redator e crítico da TV Fanatic. Ela é membro do Associação de Escolha do Críticogosta de orientar escritores, conversar com gatos e discutir apaixonadamente as nuances da televisão e do cinema com quem quiser ouvir. Siga-a no X e envie um e-mail para ela aqui em Fanático por TV.



Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button